Bolsa de Estudos

BOLSA DE ESTUDOS

Com as parcerias do Colégio e Centro Universitário Eniac você tem a oportunidade de estudar pagando menos ou de graça na melhor de Guarulhos e região.

FIES

O que é?

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas.

Quem pode solicitar?

Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em instituições não gratuitas, como o Centro Universitário Eniac, em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação. Confira as nossas notas.

Como solicitar?

1º Inscrição

Inscreva-se no site SISFIES e informe os dados solicitados. No primeiro acesso, você deve informar o número do seu CPF, sua data de nascimento, um endereço de e-mail válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que acessar o sistema.
Após informar os dados solicitados, você receberá uma mensagem no endereço de e-mail informado para validação do seu cadastro. Depois disso, você acessa novamente o site SISFIES e conclui a sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição e as informações sobre o financiamento solicitado.

2º Validação

Após concluir sua inscrição no SISFIES, você deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) do Eniac, em até 10 (dez) dias, contados a partir do dia posterior ao da conclusão da sua inscrição.
Nessa etapa, deverá trazer no Centro Universitário Eniac os seguintes documentos:
- Documento de identidade de todos os membros inscritos no ato da inscrição;
- Comprovante de renda de todos os membros inscritos no ato da inscrição;
- Comprovante de residência e;
- Histórico, certificado ou documento equivalente comprovando a conclusão do ensino médio.
Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) é o órgão responsável, na instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

3º Contratação e financiamento

Após a validação das informações, o estudante deverá comparecer a um agente financeiro do FIES em até 10 (dez) dias, contados a partir do terceiro dia útil subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.
No ato da inscrição no SISFIES, o estudante escolherá a instituição bancária, assim como a agência de sua preferência.
Sendo a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil os atuais Agentes Financeiros do Programa.
Saiba Mais Inscreva-se
 

PROUNI

Universidade para Todos é um programa do Ministério da Educação (MEC) que concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.

Quem pode participar?

- Não pode ter concluído nenhum curso de graduação no Ensino Superior;
- Portadores de deficiência;
- Professores da rede pública de ensino básico, em efetivo exercício, integrando o quadro permanente da instituição e concorrendo a vagas em cursos de licenciatura. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Requisitos:

- Tem direito à inscrição: ESTUDANTE que tenha participado do Enem e obteve no mínimo 450 pontos na média das notas do Exame. É preciso, ainda, ter nota acima de zero na redação.
- Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.
- Ter cursado o Ensino Médio completo em escola da rede pública ou em escola da rede particular na condição de bolsista integral da própria escola.

ESCOLA DA FAMÍLIA

O que é?

O Programa Escola da Família proporciona a abertura de escolas estaduais de São Paulo, aos finais de semana, a fim de incentivar inclusão social na comunidade, a paz, a prática de esportes e ampliar os horizontes culturais de seus participantes.
Milhares de universitários dedicam hoje, seus finais de semana ao Programa Escola da Família e, em contrapartida, têm seus estudos custeados por meio de convênio com instituições particulares de Ensino Superior chamado de Programa Bolsa Universidade.

Quem Participa?

Profissionais da Educação, voluntários e universitários.

Quem pode solicitar?

Para candidatar-se a Educador Universitário do Programa Escola da Família, o estudante que tenha concluído o Ensino Médio em território brasileiro tem ainda que atender aos requisitos descritos abaixo:
1. Estar regularmente matriculado em curso de graduação, em turma apta a ser iniciada, imediatamente, ou em exercício, de Instituição Privada de Ensino Superior conveniada com o Programa Bolsa Universidade;
2. Não ser beneficiário de bolsa de estudos, financiamento universitário ou similar oriundos de recursos públicos;
3. Ter interesse e disponibilidade para desenvolver as atividades do Programa junto às Escolas Públicas Estaduais ou Municipais, cumprindo a carga horária de 12 (doze) horas aos finais de Semana;
4. Não possuir nível superior completo;

Como se inscrever?

Para candidatar-se ao Programa Escola da Família, preencha o formulário de inscrição, no site escoladafamilia.fde.
sp.gov.br, optando pela rede de ensino onde pretende atuar – estadual ou municipal.

Qual a documentação?

O candidato deverá apresentar, na Diretoria de Ensino, os seguintes documentos originais, acompanhados de cópia:
- CPF;
- RG;
- Título de Eleitor e último comprovante de votação ou certidão de quitação eleitoral (sem restrições);
- Certificado de Reservista (se homem com 18 anos ou mais);
- Histórico Escolar do Ensino Médio (certificado de conclusão do ensino médio, ou documento correspondente);
- Protocolo de inscrição gerado no site do Programa Escola da Família;
- Atestado de matrícula ou outro documento que contenha o nome da Instituição de Ensino Superior, o número do registro de matrícula, curso, ano ou semestre letivo, período e campus;
- Comprovantes de despesas: água/condomínio, luz, telefone, educação e saúde;
- Comprovante de residência;
- Recibo de pagamento do último aluguel ou recibo de financiamento do imóvel;
- Comprovação de renda familiar.
Saiba Mais Inscreva-se

PRA VALER

O crédito Universitário PRAVALER pode ser utilizado por quem quer começar os estudos ou por quem já está na faculdade. Tanto para cursos presenciais como EAD.
Também é possível utilizar o programa para parcelar as mensalidades de Pós-Graduação, MBA, mestrado, doutorado ou cursos técnicos.
A contratação é feita a cada semestre, as parcelas não se acumulam e você não precisa financiar o curso todo.
Para os cursos de graduação, você começa financiando no máximo um semestre. Se estiver gostando do curso e do PRAVALER, você pode até financiar o curso todo, recontratando a cada semestre. Para recontratar, basta manter o pagamento de suas parcelas em dia e atender aos pré-requisitos do programa.
Mesmo que já tenha algum desconto, bolsa ou já financie parte do seu curso com o FIES, você pode financiar o restante com o crédito universitário PRAVALER. Consulte a sua faculdade a disponibilidade desta condição.
Pode financiar mensalidades atrasadas, se precisar.
Condicionado à aprovação da sua faculdade, com o crédito universitário PRAVALER você tem a possibilidade de incluir até 02 mensalidades atrasadas, desde que elas sejam do semestre anterior.
Os juros variam de 0% a 2,19% ao mês.
Ao optar pelo crédito universitário PRAVALER você passa a pagar o seu curso em parcelas mensais que não se acumulam.
Cada parcela é composta por metade do valor da sua mensalidade e encargos.
Os juros do financiamento estudantil são bem menores do que os juros de cheque especial, cartão de crédito ou empréstimo pessoal.
Há instituições de ensino parceiras do PRAVALER em que o aluno não paga juros! Os juros do programa são subsidiados pelas faculdades para que seus alunos tenham uma facilidade ainda maior ao pagarem seus estudos.

 

Saiba Mais Inscreva-se

MAIS INFORMAÇÕES

PRONATEC E VENCE

Pronatec

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal, em 2011, por meio da Lei 11.513/2011, com o objetivo de expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no país, além de contribuir para a melhoria da qualidade do ensino médio público.
O Pronatec busca ampliar as oportunidades educacionais e de formação profissional qualificada aos jovens, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda.

Quem pode

Segundo sua Lei de criação (Lei 12.513/2011), o Pronatec deverá atender, prioritariamente, os estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos; trabalhadores; beneficiários dos programas federais de transferência de renda; e estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral.

Como participar

Para partcipar é muito simples, cadastre seus dados que entremos em contato quando houver liberação das vagas pelo
Ministerio da Educação.

Vence

O programa possibilita aos estudantes do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) matriculados nas cinco mil escolas da rede estadual a oportunidade de obter, também, formação e certificado de um curso técnico gratuito.

O Ministeriao da Educação estabeleceu parceria com mais de 270 instituições de educação profissional, que oferecem cursos técnicos em diferentes áreas. Para ampliar o acesso à educação profissional e as condições para que os jovens desenvolvam plenamente suas capacidades e seus potenciais, a formação profissionalizante é oferecida em duas modalidades.

Na modalidade integrada, os estudantes têm o curso regular agregado ao Ensino Técnico nas escolas estaduais. Na concomitante, o aluno cursa o Ensino Médio na rede estadual e o curso técnico no contraturno das aulas regulares em uma das instituições credenciadas.

Como participar

Para fazer a inscrição no programa Vence basta acessar o site www.vence.sp.gov.br dentro do período de inscrição, que acontece duas vezes ao ano, uma para ingresso no primeiro semestre e outra para o segundo semetre.
Inscreva-se