Home, Engenharia Mecatrônica

Eniac
Por Eniac em Jun 8, 2023 12:00:00 AM | 9 min de leitura

Se você é apaixonado por tecnologia e automação, certamente já ouviu falar da engenharia mecatrônica. Mas, afinal, o que faz um Engenheiro Mecatrônico? Combinando conhecimentos de mecânica, eletrônica, informática e automação, esse profissional é responsável pela criação e desenvolvimento de sistemas e equipamentos automatizados.

As possibilidades de atuação para um Engenheiro Mecatrônico são amplas e vão desde a indústria automobilística, passando pela robótica, sistemas de controle, até a área da saúde, com a criação de próteses e equipamentos para diagnósticos e tratamento. 

Descubra neste artigo tudo o que você precisa saber sobre a profissão e as habilidades necessárias para se destacar no mercado de trabalho. Convidamos você a ler o artigo completo e se aprofundar no universo da engenharia mecatrônica.

O que é Engenharia Mecatrônica

Engenharia mecatrônica é um ramo multidisciplinar da engenharia que combina princípios de engenharia mecânica, eletrônica e de controle para projetar, desenvolver e operar sistemas e dispositivos mecatrônicos. A palavra "mecatrônica" é uma combinação de "mecânica" e "eletrônica", representando a integração dessas duas áreas.

Desse modo, é uma área da engenharia que une conhecimentos de mecânica, eletrônica e informática para desenvolver soluções e otimizar processos industriais e tecnológicos, que pode envolver robótica industrial, veículos autônomos, sistemas de manufatura automatizados, equipamentos médicos avançados, sistemas de controle de energia, entre outros.

Assim, os engenheiros mecatrônicos possuem conhecimentos em diversas disciplinas, como mecânica, eletrônica, controle e automação, programação, inteligência artificial, sensores e atuadores, sendo capazes de projetar e desenvolver sistemas que combinam essas áreas para criar soluções inovadoras e eficientes.

 

Engenheiro Mecatrônico

Como se tornar um Engenheiro Mecatrônico

A engenharia mecatrônica é uma área dos engenheiros que une as disciplinas de mecânica, eletrônica e tecnologia da informação. Com este perfil, o Engenheiro Mecatrônico é capaz de projetar, bem como construir sistemas e dispositivos tecnológicos, além de automatizar processos industriais.

Graduação em Engenharia Mecatrônica

Para se tornar um Engenheiro Mecatrônico, é necessário ter formação universitária na área. A graduação mais comum é a Engenharia Mecatrônica, que tem duração média de 5 anos. Desse modo, durante o curso, os estudantes aprendem disciplinas como matemática, física, eletrônica, mecânica, programação, automação e robótica.

Cursos Técnicos

Existem também cursos técnicos na área mecatrônica, que podem ser uma opção para quem deseja obter uma formação mais rápida e prática. Os cursos técnicos costumam durar cerca de 2 anos e oferecem uma base sólida em eletrônica, mecânica e automação.

Estágios e Trainee

Durante a graduação, é importante buscar oportunidades de estágio na área mecatrônica, pois permite que o estudante tenha contato com o mercado de trabalho e adquira experiência prática, além de aprender com profissionais já atuantes na área.

Após a formação, outro caminho é entrar em programas de Trainee em empresas da área mecatrônica, pois costumam oferecer treinamentos e capacitações necessários para o desenvolvimento de projetos na empresa.

Aperfeiçoamento Profissional

Para se destacar na área mecatrônica, é necessário estar sempre atualizado e buscar aperfeiçoamento profissional constante, que inclui a participação em cursos de especialização, pós-graduação e atualização em novas tecnologias.

Habilidades necessárias para o engenheiro mecatrônico 

Para se tornar um engenheiro mecatrônico é necessário possuir conhecimento em diversas áreas. Dentre as habilidades mais importantes destacam-se:

Conhecimentos em engenharia mecânica 

É essencial ter uma compreensão sólida dos princípios e conceitos da engenharia mecânica, incluindo estática, dinâmica, termodinâmica, materiais e mecânica dos fluidos.

Conhecimentos em engenharia eletrônica

É importante obter conhecimentos em eletrônica analógica e digital, circuitos elétricos, eletrônica de potência, microeletrônica, dispositivos eletrônicos e sistemas de comunicação.

Conhecimentos em sistemas de controle

Um engenheiro mecatrônico deve entender os princípios e técnicas de controle, como teoria de controle, sistemas de controle em malha aberta e malha fechada, controle PID (proporcional, integral e derivativo) e lógica de controle.

Conhecimentos em programação

Outro ponto importante é adquirir habilidades de programação para desenvolver softwares necessários para controlar os sistemas mecatrônicos. 

Conhecimentos em automação e robótica 

O profissional engenheiro mecatrônico precisa obter conhecimentos em automação industrial, robótica e cinemática de robôs e isso envolve compreender os princípios de movimento, programação de robôs, sensores e atuadores.

Pensamento analítico e resolução de problemas

Habilidades analíticas e a capacidade de resolver problemas complexos são fundamentais para um engenheiro mecatrônico. Assim, devem ser capazes de identificar e resolver falhas e problemas em sistemas mecatrônicos.

Essas são apenas algumas das habilidades necessárias para um engenheiro mecatrônico. Vale ressaltar que, as tecnologias e requisitos específicos podem variar de acordo com o campo de atuação e as necessidades do projeto em questão. 

Áreas de atuação do Engenheiro Mecatrônico

O engenheiro mecatrônico é um profissional que une conhecimentos de mecânica, eletrônica e computação, com o objetivo de projetar, desenvolver, gerenciar sistemas e equipamentos que envolvam essas áreas de conhecimento. Conheça agora as principais áreas de atuação do engenheiro mecatrônico:

Automação Industrial

A automação industrial é uma das áreas de atuação mais fortes do engenheiro mecatrônico, pois nesse ramo, o profissional é responsável por planejar e executar soluções de automação de processos e equipamentos industriais, utilizando conceitos de controle e supervisão. Assim, inclui desde a implantação de robôs em linhas de produção até o desenvolvimento de sistemas de supervisão de plantas industriais inteiras.

Robótica

A robótica é outra área em que o engenheiro mecatrônico atua com frequência, que envolve o projeto, desenvolvimento e manutenção de robôs para diversos fins, desde a indústria até a exploração espacial. O engenheiro mecatrônico é capacitado para projetar sistemas robotizados que possam efetuar diferentes tarefas, como movimentação de peças, montagem de produtos, soldagem, entre outros.

Tecnologia Assistiva

A tecnologia assistiva é uma área em crescimento constante, que busca desenvolver soluções tecnológicas para melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Assim, o profissional tem papel fundamental nesse setor, pois é capaz de projetar e desenvolver equipamentos capazes de auxiliar pessoas com diferentes tipos de limitações físicas.

Engenharia Biomédica

A engenharia biomédica é uma área multidisciplinar que combina conhecimentos de engenharia, medicina e biologia. Nesse setor, o engenheiro mecatrônico atua no projeto e desenvolvimento de equipamentos médicos e de precisão, como próteses, dispositivos de diagnóstico, microscópios, entre outros.

Engenharia de Controle e Automação

É uma área que envolve a aplicação de técnicas de controle e supervisão em diferentes setores, tais como a indústria, a agricultura, a aviação, entre outros. O engenheiro mecatrônico é capacitado para projetar e implementar diferentes soluções de controle e automação, desde sistemas simples até grandes plantas industriais.

Engenharia de Sistemas

A engenharia de sistemas envolve a aplicação de conhecimentos de engenharia, física e matemática na solução de problemas complexos envolvendo sistemas. Desse modo, o profissional engenheiro mecatrônico é capacitado para trabalhar em equipes multidisciplinares, desenvolvendo soluções inovadoras para problemas de grande complexidade, sendo aptos para projetar, modelar, simular e analisar sistemas complexos, identificando possíveis problemas e propondo soluções.

Logo, o engenheiro mecatrônico é um profissional altamente capacitado e multidisciplinar, que pode atuar em diferentes áreas do mercado. Com um amplo leque de possibilidades, essa carreira oferece excelentes oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional.

Mercado de trabalho para Engenheiro Mecatrônico

Todo estudante ou profissional que busca atuar como Engenheiro Mecatrônico precisa conhecer o mercado de trabalho atual para definir a sua área de atuação e se preparar adequadamente. Confira abaixo como está o mercado de trabalho para Engenheiros Mecatrônicos atualmente.

Empregabilidade

Devido à alta demanda por engenheiros qualificados na indústria, o mercado de trabalho para engenheiros mecatrônicos está em alta. Além disso, a presença de empresas no país que investem em tecnologias e automação também ajuda a aumentar a empregabilidade dos profissionais da área.

Perspectivas futuras 

Devido ao avanço da tecnologia e da automação, a tendência é que o mercado de trabalho para engenheiros mecatrônicos continue em expansão, principalmente em áreas como robótica e inteligência artificial. A demanda por profissionais qualificados para otimizar processos e tornar a produção mais eficiente deve continuar alta, tornando a atuação desse engenheiro cada vez mais valorizada.

Assim, o mercado de trabalho para engenheiros mecatrônicos é promissor, sendo uma área em constante expansão e com alta demanda no Brasil e no mundo. Dessa forma, para obter sucesso nessa profissão, é preciso investir em formação de qualidade e estar sempre atualizado com as tendências tecnológicas e de mercado.

Quanto ganha um Engenheiro Mecatrônico

A engenharia mecatrônica é uma área relativamente nova no mercado de trabalho, mas que apresenta um crescimento constante. Com a necessidade de se adaptar às novas demandas tecnológicas, a profissão tem sido cada vez mais valorizada.

Fatores que influenciam o salário de um Engenheiro Mecatrônico

Diversos fatores influenciam o salário de um engenheiro mecatrônico, dentre eles:

  • Nível de experiência profissional;
  • Localização geográfica;
  • Especialização na área de atuação;
  • Tamanho da empresa contratante;
  • Demanda por profissionais no mercado;
  • Perfil profissional, habilidades, além da formação acadêmica.

Por isso, segundo o site vagas.com.br, no cargo de engenheiro mecatrônico se incia ganhando em torno de R $4.524,00 e pode vir a ganhar até R$ 8.158,00. Assim, a média salarial no Brasil é de R$ 7.160,00.

Diferentes áreas de atuação e respectivos salários

O engenheiro mecatrônico pode atuar em diversas áreas, e cada uma apresenta uma média salarial diferente, que pode variar de acordo com a região e o tipo de empresa.

  • Automação industrial: R$ 6.000 a R$ 10.000 por mês;
  • Indústria automobilística: R$ 8.000 a R$ 14.000 por mês;
  • Robótica: R$ 9.000 a R$ 15.000 por mês;
  • Indústria aeronáutica: R$ 11.000 a R$ 20.000 por mês;
  • Pesquisa e desenvolvimento: R$ 7.000 a R$ 12.000 por mês;

Expectativa salarial ao longo da carreira

A remuneração do engenheiro mecatrônico tende a aumentar à medida que o profissional acumula experiência e conquista posições de liderança no mercado de trabalho.

Assim, a expectativa salarial ao longo da carreira de um engenheiro mecatrônico pode ser representada da seguinte forma:

  • Júnior: de R$ 5.000 a R$ 7.000 por mês;
  • Pleno: de R$ 8.000 a R$ 12.000 por mês;
  • Sênior: de R$ 13.000 a R$ 18.000 por mês;
  • Diretor/gerente: acima de R$18.000 por mês.

A carreira de um Engenheiro Mecatrônico é repleta de desafios e oportunidades, já que essa profissão engloba áreas bastante promissoras como automação, robótica, sistemas e tecnologia. Dessa forma, são profissionais que possuem uma grande variedade de caminhos a seguir, seja em indústrias especializadas, desenvolvimento de projetos inovadores ou em pesquisas acadêmicas.

Portanto, se você possui interesse e aptidão para lidar com tecnologia, automação e robótica, a engenharia mecatrônica pode ser uma excelente escolha de carreira. Dessa maneira, é interessante investir em sua formação, seja por meio de cursos de graduação, pós-graduação e especializações, bem como buscar sempre por atualizações com as tendências do mercado, a fim de se destacar e contribuir com inovações na área.

Home Engenharia Mecatrônica

CONTEÚDOS RELACIONADOS

Como se tornar autodidata: dicas, objetivos e mais!

Na era da informação em que vivemos, o autodidatismo emerge como uma ferramenta libertadora, permitindo-nos transcender ...
6 min de leitura

Curso de Administração: duração, grade curricular e mais!

Em meio a um mundo empresarial que se reinventa a cada dia, o curso de Administração emerge como um farol, orientando ...
6 min de leitura

Prescrição eletrônica na farmácia: eficiência e segurança!

Na era digital, a saúde vem experimentando transformações notáveis, e uma das mais impactantes é a implementação da ...
7 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Home Ver mais conteúdossobre Engenharia Mecatrônica