De Bettio a Betting – As vozes do Rádio – Um passeio na história do Rádio Paulistano por Jacques Miranda

Jacques Miranda, professor universitário dos cursos de Comunicação e Marketing da Faculdade Eniac, vai ministrar a palestra "De Bettio a Betting - As vozes do Rádio - Um passeio na história do Radio Paulistano"

Image

Jacques Miranda, professor dos cursos de Comunicação e Marketing da Faculdade Eniac.

Quem é? É o Zé Bettio!
Se você se identificou com o bordão acima, deve lembrar-se de um famoso comunicador dos anos 70 até 90 que lá pelas matinas acordava as pessoas com seus argumentos e sonoplastias de animais, associado ao seu sotaque rural. Na mesma época, dividia espaço nas ondas dos radinhos de pilha com capas de couro, outros programas como o Pulo do Gato.Passado o momento de acordar, hora de dona-de-casa cuidar da lida, havia uma sequência de programas Matinais como Barros de Alencar, Eli Correia e a Hora do Trabuco. Também tinha espaço para os programas Policiais como o Afanázio Jazadi, Jacinto Figueira Junior e aquele que dizia “Gil Gomes lhes diz..... Bom dia!”.

O rádio encanta as pessoas desde os anos 20. Esta invenção atribuída a um brasileiro, o Padre Landell de Moura, teve sua época de ouro a partir dos anos 60, mas sempre foi muito eclética em sua programação.Democrática e acessível, seu poder de alcance estava embutido desde naqueles pequenos radinhos de pilha adquiridos no Mappin ou na Pirani, até aquele sofisticados Transglobe comprados  na Mesbla com suas poderosas Ondas Curtas e válvulas.

Os programas de rádio eram em AM e não duravam o dia inteiro. Paravam às 2h da manhã talvez – como dizia meu avô,  para “descansar” as válvulas. O humor no rádio começou lá atrás com um programa chamado de PRK30 e o Balança Mas Não Cai. No trajeto até hoje brilharam vários humoristas sendo que alguns ainda estão frescos em nossa memória como  o Djalma Jorge (este ocupando o FM) da Jovem Pan que tinha uma chamada que começava assim: “amigo-lhes...”. e o Café Com Bobagem, em atividade até hoje junto com Chupim, Xuxu Beleza, Hora do Ronco e o polêmico Pânico.

Os programas da tarde faziam as ouvintes suspirarem, a exemplo de Hélio Ribeiro com o Poder da Mensagem, Paulo Barbosa e Paulo Lopes, Eli Correia, se bem que o público masculino também estava ali, firme e forte. A noite era ocupada também por um romantismo como o Good Times com Sergio Bocca , o É Noite Tudo Se Sabe, o Bandeirantes A Caminho do Sol e, também o Arquivo Musical do finado Antônio Carvalho. Não é possível que você não tenha tido contato pelo menos uma vez com uma parte deste acervo.

Se você teve contato, irá lembrar-se também da referência ao falecido Joelmir Betting, Maria Lidia, Eródoto Barbero, Boechat que ocupam ou ocuparam o espaço da All News.
Este conteúdo será apresentado em uma palestra que acontecerá no dia 26 de setembro em dois horários, às 19h e às 21h30 no Auditório da Faculdade Eniac. A entrada é gratuita!

O palestrante será Jacques Miranda, escritor, professor universitário dos cursos de Comunicação e Marketing , membro da Academia Guarulhense de Letras e um amante do rádio.

PALESTRA:

De Bettio a Betting – As vozes do Rádio – Um passeio na história do Radio Paulistano por Jacques Miranda
Dia 26/09 em dois horários: às 19h e às 21h30 
Local: Auditório da Faculdade Eniac. Rua Força Pública, 100 – Centro - Entrada franca.

folder_openCategorias: Eventos, Graduação, Notícias.

Deixe uma resposta