Colegio, enem, Home

Eniac
Por Eniac em Sep 1, 2023 12:00:00 AM | 11 min de leitura

Dominar as técnicas de redação adequadas é primordial para se destacar no ENEM e garantir uma boa pontuação. É comum que muitos estudantes sintam dificuldade ao escrever um texto, sobretudo quando se trata de um exame tão importante como o ENEM. 

 

Esta tarefa, contudo, não precisa ser uma fonte de ansiedade. Existem técnicas de redação que podem ser aprendidas e aprimoradas para produzir um bom texto, seja ele dissertativo ou argumentativo, com clareza, coesão e coerência.

Neste artigo, abordaremos aspectos relevantes como a importância da introdução no texto do ENEM, a organização das ideias de forma clara e coerente no desenvolvimento, a utilização de argumentos sólidos para embasar as ideias e a elaboração de uma conclusão eficiente e impactante. 

Além disso, evidenciaremos a revisão como etapa fundamental para aprimorar o texto final. Então, convidamos você a continuar a leitura para expandir suas habilidades de escrita e se preparar da melhor forma possível para o ENEM. Vamos começar?

A importância da introdução no texto do ENEM

A redação do ENEM é uma das etapas mais importantes e decisivas do exame. Para obter uma boa pontuação, é fundamental dominar as técnicas de escrita e estruturação de um texto, e um dos elementos essenciais nesse processo é a introdução. A introdução é a primeira parte do texto, responsável por conquistar a atenção do leitor e apresentar de forma clara e concisa o tema que será abordado.

Contextualização do tema

Na introdução de um texto do ENEM, é essencial contextualizar o tema proposto, fornecendo ao leitor uma visão geral sobre o assunto a ser discutido. A contextualização permite estabelecer uma conexão entre o tema e a realidade do leitor, despertando seu interesse e engajamento desde o início.

Apresentação da tese

Além de contextualizar o tema, a introdução deve apresentar de forma objetiva a tese que será defendida ao longo do texto. A tese é a ideia central que será desenvolvida e argumentada ao longo do texto, e sua apresentação clara e objetiva demonstra ao leitor a linha de raciocínio que será seguida.

Criação de impacto

Uma introdução bem elaborada deve ser capaz de criar impacto e despertar a curiosidade do leitor. Utilizar recursos como dados estatísticos, fatos históricos ou relatos pessoais pode ser uma estratégia eficiente para prender a atenção do leitor logo no início do texto.

Delimitação do escopo

Outro aspecto importante da introdução é a delimitação do escopo do texto. É necessário estabelecer claramente quais serão os pontos de discussão e quais serão as abordagens que serão exploradas no desenvolvimento. Essa delimitação permite ao leitor compreender quais aspectos serão analisados e evita que o texto se torne confuso ou superficial.

Reforço da credibilidade

Por fim, a introdução também pode ser utilizada como uma oportunidade para reforçar a credibilidade do autor. Apresentar referências bibliográficas, dados de pesquisa ou citações relevantes pode transmitir ao leitor a segurança de que o texto foi fundamentado em fontes confiáveis e embasadas.

A introdução é a porta de entrada para o texto, e seu objetivo principal é conquistar o leitor e instigá-lo a continuar a leitura. Ao dominar as técnicas de escrita e estruturação da introdução, é possível criar um texto coeso, argumentativo e de impacto, que certamente será bem avaliado no ENEM. Portanto, dedique tempo e atenção para construir uma introdução sólida e atrativa, pois é a partir dela que se constrói todo o desenvolvimento do texto.

Desenvolvimento: como organizar as ideias de forma clara e coerente

Desenvolver as ideias de forma clara e coerente é essencial para a elaboração de um bom texto. Quando escrevemos, buscamos transmitir nossas ideias de maneira organizada e compreensível, e para isso, é necessário seguir algumas técnicas que garantam a coesão e a coerência do texto.

Organização das ideias

A primeira etapa para organizar as ideias de forma clara é realizar um planejamento prévio do texto. Antes de começar a escrever, é importante definir qual será a ideia principal e quais serão os argumentos que serão utilizados para sustentá-la. Essa organização prévia ajuda a manter a linearidade do texto e evita que as ideias sejam apresentadas de forma confusa e desconexa.

Estrutura do texto

A estrutura é fundamental para a clareza e a coerência do texto. Um bom texto deve iniciar com uma introdução, onde se apresenta o tema e se estabelece uma contextualização. Em seguida, é importante dividir o desenvolvimento em parágrafos, cada um abordando um aspecto diferente e relacionado à ideia principal do texto.

Dentro de cada parágrafo, deve-se utilizar uma linguagem clara e objetiva, evitando repetições desnecessárias e mantendo a linearidade e a conexão entre as ideias apresentadas. Para isso, podem ser utilizados os conectivos e as palavras de transição, tanto para indicar adição, como para apresentar comparações, contrastes ou ideias sequenciais.

Coesão textual

Para que as ideias se conectem de forma coesa, é importante estabelecer relações entre elas. Isso pode ser feito por meio do uso adequado dos conectivos e das palavras de transição já mencionadas. Além disso, é importante utilizar pronomes e repetir termos quando necessário, para evitar a repetição excessiva de palavras e garantir a fluidez da leitura.

Outro recurso importante para a coesão textual é o uso de referências explícitas. Ao longo do texto, é possível utilizar expressões como "de acordo com", "conforme mencionado anteriormente" ou "como mencionado no parágrafo anterior", para retomar ideias já apresentadas anteriormente e garantir a compreensão do leitor.

Design sem nome (23)

Utilização de argumentos sólidos para embasar as ideias no texto

A utilização de argumentos sólidos é essencial para embasar as ideias no texto. Ao apresentar argumentos consistentes, o escritor demonstra seu conhecimento sobre o assunto abordado e consegue persuadir o leitor a concordar com sua posição. Neste sentido, é importante seguir algumas técnicas que tornam os argumentos mais eficazes.

Escolha bem suas fontes de informação

Para embasar as ideias no texto, é fundamental escolher fontes confiáveis e atualizadas. Busque por dados e informações em livros, artigos científicos, sites de instituições renomadas e pesquisas acadêmicas. Evite citar informações de fontes duvidosas, como sites não reconhecidos ou opiniões pessoais sem fundamentação.

Apresente dados e estatísticas relevantes

A utilização de dados e estatísticas é uma forma poderosa de embasar as ideias no texto. Essas informações conferem credibilidade ao argumento e podem persuadir o leitor a concordar com a posição defendida. Ao apresentar dados, certifique-se de citar a fonte e contextualizá-los corretamente, para que o leitor compreenda sua importância.

Faça referência a estudos e pesquisas

Referenciar estudos e pesquisas é outra maneira eficaz de embasar as ideias no texto. Ao citar estudos científicos ou acadêmicos, o escritor confere respaldo à sua argumentação e mostra que sua posição é fundamentada em evidências. É importante mencionar o autor, o ano e a instituição responsável pela pesquisa.

Utilize exemplos concretos

A utilização de exemplos concretos é uma estratégia eficaz para tornar os argumentos mais compreensíveis e convincentes. Ao trazer exemplos do cotidiano ou de casos reais, o escritor permite que o leitor visualize as situações mencionadas e compreenda melhor o argumento apresentado. Os exemplos podem ser retirados de experiências pessoais, de reportagens ou de outros textos confiáveis.

Apresente argumentos contrários e refute-os

Para fortalecer os argumentos no texto, é importante não apenas apresentar a posição defendida, mas também abordar e refutar possíveis argumentos contrários. Ao refutar ideias opostas, o escritor demonstra que considerou diferentes perspectivas e apresenta um posicionamento mais sólido e convincente. Essa técnica é especialmente eficaz na construção de textos argumentativos.

Demonstre conhecimento sobre o assunto

Por fim, para embasar as ideias no texto, é fundamental demonstrar conhecimento sobre o assunto abordado. Busque informações detalhadas, históricas e teóricas sobre o tema, para que sua argumentação seja embasada e consistente. Ao demonstrar domínio sobre o assunto, o escritor transmite confiança ao leitor e aumenta a credibilidade de suas ideias.

Ao utilizar argumentos sólidos para embasar as ideias no texto, o escritor aumenta suas chances de persuadir o leitor e transmitir sua mensagem de forma eficaz. Portanto, é fundamental seguir essas técnicas e utilizar fontes confiáveis, dados relevantes, referências acadêmicas, exemplos concretos, refutação de argumentos contrários e demonstração de conhecimento sobre o assunto.

Como fazer uma conclusão eficiente e impactante

A conclusão é uma parte fundamental na redação, pois é nesse momento que o escritor deve resumir os pontos principais abordados no texto e fechar de forma persuasiva e impactante. Para fazer uma conclusão eficiente, é preciso seguir algumas técnicas que contribuirão para uma boa escrita.

Utilize palavras-chave e frases de impacto

Na conclusão, é importante destacar as ideias principais do texto. Para isso, o uso de palavras-chave e frases de impacto é essencial. Utilizar termos fortes e marcantes mantém a atenção do leitor e reforça a mensagem transmitida ao longo do texto. Além disso, é válido retomar os argumentos mais relevantes e reforçá-los com palavras de destaque, como "essencial", "fundamental" ou "crucial".

Faça uma síntese dos principais pontos

A conclusão é o momento de fazer uma síntese dos principais pontos abordados ao longo do texto. É importante relembrar ao leitor o que foi discutido e como essas ideias se relacionam. Para isso, uma dica é utilizar frases que conectem os argumentos apresentados, como "dessa forma" ou "de acordo com". Essas expressões ajudam a criar uma linha de pensamento coesa e facilitam a compreensão do texto como um todo.

Proponha soluções ou reflexões para o tema abordado

Além de sintetizar os pontos do texto, a conclusão pode ir além, propondo soluções ou reflexões para o tema abordado. Isso demonstra um pensamento crítico do autor e pode agregar valor ao texto. É interessante apresentar alternativas possíveis para resolver problemas mencionados anteriormente ou propor discussões futuras relacionadas ao tema.

Crie um fechamento impactante

Por fim, é importante criar um fechamento impactante na conclusão. É necessário causar uma sensação de encerramento e deixar uma última impressão marcante no leitor. Uma forma de fazer isso é utilizar uma frase de efeito ou uma citação que esteja relacionada ao tema. Essas estratégias podem marcar a conclusão de forma positiva e garantir que o leitor se lembre do texto por mais tempo.

Ao seguir essas técnicas, é possível fazer uma conclusão eficiente e impactante, tornando o texto mais persuasivo e convincente. O objetivo é deixar uma última impressão positiva no leitor e reforçar a mensagem transmitida ao longo do texto. Lembre-se de que a conclusão é a última oportunidade de convencer o leitor, então capriche nessa etapa final da redação.

Revisão: a etapa fundamental para aprimorar o texto final

A revisão é uma etapa essencial no processo de escrita, especialmente quando se busca produzir um bom texto, seja para a redação do Enem ou qualquer outra finalidade. Nessa fase, é possível aprimorar a clareza, corrigir erros gramaticais e ajustar aspectos de coesão e coerência, tornando assim o texto mais fluente e convincente.

Dicas para revisar o texto

Para realizar uma revisão eficiente, é importante seguir algumas dicas que podem auxiliar nesse processo:

  • Leia o texto em voz alta: essa prática facilita a identificação de erros gramaticais e ajuda na percepção da fluidez do texto. Ao ouvir o próprio texto, é possível notar se há repetições desnecessárias ou falta de clareza nas ideias.
  • Verifique a coerência e coesão: análise se as ideias estão bem conectadas, se há frases ou parágrafos muito longos ou confusos. É importante ter certeza de que o texto flui naturalmente e que os argumentos estão bem fundamentados.
  • Faça uma revisão gramatical: atente-se para erros de concordância, regência verbal e nominal, tempos verbais, pontuação e ortografia. Corrigir esses detalhes é essencial para garantir a credibilidade do texto.
  • Releia o texto em outras ocasiões: cada vez que revisamos um texto, conseguimos enxergar novos detalhes que passaram despercebidos em revisões anteriores. Portanto, é recomendado reler o texto em diferentes momentos, dando tempo para que novas correções e aprimoramentos sejam feitos.

O papel do revisor

Em muitos casos, contar com um revisor profissional pode ser fundamental para garantir a qualidade final do texto. O revisor tem um olhar mais técnico e experiente, capaz de identificar erros que passaram despercebidos pelo autor. Além disso, o revisor também pode colaborar para que o texto atenda às normas de estilo e linguagem exigidas, tornando-o ainda mais adequado ao contexto em que será apresentado.

Portanto, a revisão é uma etapa indispensável em qualquer processo de escrita. Através da revisão, é possível aprimorar a estrutura, a clareza e a coesão do texto, garantindo assim um resultado final de qualidade. Dedique tempo para revisar cuidadosamente seu texto, seja para a redação do Enem ou qualquer outra finalidade, e colha os benefícios de um texto bem construído.

Lembre-se sempre: a revisão é a chave para transformar um texto bom em um texto excelente.

A fim de fechar nosso percurso sobre as técnicas de redação para o ENEM, podemos elencar pontos fundamentais: a importância do planejamento e estruturação do texto, com uma introdução precisa e desenvolvimento coerente, argumentos sólidos, e uma conclusão impactante. Apesar da complexidade do processo, com prática e estudo, os resultados positivos são possíveis.

Antes de tudo, além disso, a revisão se faz importante como etapa primordial para o sucesso da escrita, pois é nesse hiato que você irá corrigir possíveis desvios gramaticais ou até mesmo aprimorar ainda mais seus argumentos e ideias. 

Ademais, lembre-se sempre de que as habilidades de escrita são apuradas, sobretudo, com prática e leitura. Portanto, mantenha constância nos seus estudos e dedicação à leitura, assim como à escrita, pois são esses os caminhos mais certeiros para uma boa redação no ENEM.

Colegio enem Home

CONTEÚDOS RELACIONADOS

Como se tornar autodidata: dicas, objetivos e mais!

Na era da informação em que vivemos, o autodidatismo emerge como uma ferramenta libertadora, permitindo-nos transcender ...
6 min de leitura

Curso de Administração: duração, grade curricular e mais!

Em meio a um mundo empresarial que se reinventa a cada dia, o curso de Administração emerge como um farol, orientando ...
6 min de leitura

Prescrição eletrônica na farmácia: eficiência e segurança!

Na era digital, a saúde vem experimentando transformações notáveis, e uma das mais impactantes é a implementação da ...
7 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Colegio Ver mais conteúdossobre enem Ver mais conteúdossobre Home